jusbrasil.com.br
28 de Março de 2020

Historia dos Direitos do Trabalho

Reginaldo Santos, Advogado
Publicado por Reginaldo Santos
há 3 meses

INTRODUÇÃO

Interessante a se observar na questão da história do direito do trabalho é que a seu exercício de sua força vai muito antes do trabalho que conhecemos atualmente, falamos isso em eras que se trabalhava para caçar, comer, lutava fisicamente, não como essência para seu trabalho, mas para sua sobrevivência o que é totalmente diferente. (BARROS, 2010).

Segundo SILVA JUNIOR (2015): “Primeiramente, etimologicamente falando, ‘trabalho’ apresentou significados diversos. De acordo com as raízes indo-europeia, a ideia de trabalho assumiu dois contornos, remetendo um deles à noção de ‘produto’, ‘ação’, e o outro dizendo respeito à ‘padecimento’, ‘peso’ e ‘carga’”. Deste etimologia a palavra trabalho era melhor entendida do latim ‘tripalium’ que era uma espécie de tortura ou uma canga que pesava sobre os animais (MARTINS, 2000, p. 168)

A forte força de trabalho que se existia a muito tempo, é a submissão dos escravos aos seus senhores, onde pessoas trabalhavam unicamente para não morrerem – e muitas das vezes não era isso o que acontecia, não haviam se quer garantia de jornada, de remuneração, de periculosidade ou qualquer coisa semelhante. Assemelha-se que neste época esta relação que se existia era de mercadoria e seu dono, aonde ele fazia o que quisesse, sem impedimento de nada (BARROS, 2010).

Em um segundo momento observou a questão da servidão feudal pelo mundo afora, aqui a escravidão acabou de existir e agora os senhores feudais davam a seus servos proteção militar e política, que lhe prestavam serviços em suas propriedades (MARTINS, 2000, p. 168)

Continuação: http://direitodireito.site/blog/2019/12/14/historia-dos-direitos-do-trabalho/

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)